Quem somos

Apresentação

Obrigado por querer nos conhecer!

Esta seção de nosso site tem como objetivo apresentar a Motirõ Sociedade Cooperativa, destacando brevemente como foi o surgimento da organização e nossa caminhada até o momento.

Você encontrará aqui informações sobre nossa estrutura organizacional, as ações desenvolvidas e quem são nossos parceiros e apoiadores.

Compartilhamos, também, nossas intenções de trabalhos e serviços para o futuro.

Boa leitura
Missão, Visão e Valores


MISSÃO

A Motirõ Sociedade Cooperativa tem como objetivo desenvolver capacidades para fortalecer o planejamento e a organização do ambiente urbano e rural, de modo a otimizar a interação ser humano-ambiente. Para isso, se propõem a desenvolver atividades de elaboração e gestão de ações e projetos, atuando sobre questões que concernem a fatores sócio-econômico-ambientais.





VISÃO

Desenvolver relações que possibilitem uma nova visão sobre o trabalho, promovendo ações capazes de empoderar os envolvidos à viverem plenamente no litoral do Paraná.





VALORES

A Motirõ tem por diretrizes a justiça social, por meio do diálogo de saberes, da horizontalidade nas relações de trabalho e da equidade no acesso e utilização de recursos naturais, financeiros e de informação.

Histórico
Em meados do ano de 2007, um grupo de estudantes e formandos de diferentes cursos do setor litoral da Universidade Federal do Paraná, começou a se reunir para debater a criação de uma organização que permitisse propor e executar ações para o desenvolvimento da região e, ao mesmo tempo, criar condições de trabalho para estes novos profissionais. Com a participação de integrantes do grupo em projetos de extensão universitária, o compromisso da atuação junto a diferentes comunidades do litoral do Paraná foi um dos elementos que pautou a constituição da organização.

No ano de 2008 a organização foi ganhando forma. Alguns membros participaram das reuniões de colegiados territoriais de implementação de politicas públicas. No mesmo ano deu-se o início a elaboração de propostas de projetos, para seleção em chamadas públicas, e o diálogo com instituições e parceiros sobre a consolidação e formalização do grupo. Neste período a natureza jurídica e a estrutura da organização foi amplamente discutida, até que em de 11 de Dezembro de 2009 fundou-se a Motirõ Sociedade Cooperativa.

A cooperativa, realizou no ano de 2010 intensas discussões para consolidar sua forma de atuação, seus valores e sua organização. Estas discussões foram realizadas nas então chamadas “imersões” encontros onde a equipe se reunia durante todo o dia para pensar e planejar o futuro da organização.

No ano de 2011 a cooperativa passou por uma reestruturação em que alguns cooperados deixaram a Motirõ e outras pessoas passaram a integrá-la. A partir destas mudanças a organização modificou sua estrutura de funcionamento e passou a ter uma identidade visual e um website.

No mesmo ano houve a aprovação do Projeto Redes de Comercialização, pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado do Paraná - SETI e a realização do evento sobre educação com o Professor José Pacheco, que reuniu mais de 1.200 pessoas em Matinhos.

Em 2012 a Motirõ aprovou o Projeto SAL - Sistema Agroalimentar Localizado, junto a PETROBRAS, no Programa Desenvolvimento e Cidadania. Neste período também foi promovido o lançamento do livro “Legal! Otimismo - Realidade – Esperança” do Frei Luc Vankrunkelsven da Ong Wervel. Foram realizados ainda, o “Debate Sobre os Projetos de Créditos de Carbono no Contexto da Rio +20” com a palestrante Jutta Kill da organização internacional World Rainforest Movement e a “1ª Festa da Juçara de Matinhos”, que se repetiu nos anos seguintes.

Em 2013, com grande alegria, realizamos a inauguração de nossa sede no balneário de Caiobá em Matinhos, espaço onde são executadas as atividades dos projetos e são oferecidos cursos, oficinas. No mesmo ano teve início as atividades do grupo ARTEMISA – empoderar o feminino, acolher a gestação.

Em 2014 foi um ano intenso para a cooperativa, houve a reestruturação do projeto Redes de Comercialização e da gestão da Motirõ com a criação das coordenadorias de Gestão Interna, Relações Públicas e Trabalho e Renda. Houve também o lançamento do programa de voluntariado, a aprovação do projeto Organização Soberana no Programa Socioambiental da Petrobras e o encerramento do Projeto SAL – Sistema Agroalimentar Localizado.

O ano de 2015 foi marcado pelo lema “Trabalho e Vida Plena”, onde buscamos, através de nossas ações e projetos, permitir o desenvolvimento de nossa equipe e daqueles envolvidos com nossas atividades. No Grupo Artemisa, tivemos o Ciclo de Oficinas Sobre Gestação, Parto e Pós Parto, além da realização das rodas de conversas com gestantes do Litoral do Paraná. No Redes de Comercialização lançamos um novo site e iniciamos o trabalho de entrega a domicílio de Hortifrútis Orgânicos, e também assumimos a Barraca de Orgânicos na feira de Matinhos, a Matinfeira. No município de Paranaguá, o Projeto Organização Soberana, tem contribuído significativamente para a melhoria da gestão da associação dos agricultores, a APRUMPAR, neste município, também organizamos, em conjunto com os agricultores, a 1º Caminha da Natureza – Circuito Serra da Prata, que foi um enorme sucesso, e trouxe para a região mais de 600 caminhantes. O trabalho realizado no Escritório de Projetos permitiu o aperfeiçoamento de nossa metodologia de elaboração de projetos o que culminou na aprovação, pelo Ministério da Justiça, do projeto G SAFs, que durante os anos de 2016 e 17 fortalecerá a produção agroflorestal em nossa região.

Equipe
Billidhol de Oliveira Mateus

Billidhol de Oliveira Mateus

Cooperado

Jhonatan Carlos dos Santos

Jhonatan Carlos dos Santos

Cooperado

Lauana Silva Perez

Lauana Silva Perez

Cooperada

Osni Arturo Francisco Junior

Osni Arturo Francisco Junior

Cooperado

Valdenise Batista Veloso

Valdenise Batista Veloso

Cooperada

Bruna Priscila

Bruna Priscilia

Equipe técnica

Caroline Gonçalves

Caroline Gonçalves

Equipe técnica

Caroline Mendonça

Caroline Mendonça

Equipe técnica

Wania Kauana Bernardi

Wania Kauana Bernardi

Equipe técnica

Thamy Numer

Thamy Numer

Equipe técnica

Estatuto

CAPÍTULO I

DA DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, ÁREA DE AÇÃO, PRAZO DE DURAÇÃO E ANO SOCIAL.

Art. 1° A Motirõ, constituída no dia 11 de dezembro de 2009, sem fins lucrativos, com responsabilidade civil limitada dos associados e rege-se pelo presente Estatuto, tendo:

I - sede e administração na Rua Guarapuava, n° 1237, balneário Caiobá – Matinhos – PR, Cep: 83260-000;
II - foro jurídico na Comarca de Matinhos, Estado do Paraná;
III - área de ação, para efeito de admissão de cooperados, abrangendo todo território nacional e os países com os quais o Brasil mantém relações diplomáticas;
IV - prazo de duração indeterminado e ano social coincidente com o ano civil.


CAPÍTULO II

DO OBJETO SOCIAL

Art. 2° - Motirõ no linguajar tupi-guarani significa mutirão e simboliza ações coletivas baseadas nas relações sociais. Para isso a Motirõ tem como princípio norteador à justiça social, por meio da valorização de culturas tradicionais, a melhoria da qualidade de vida, e maior equidade no acesso e utilização de recursos naturais, financeiros e de informação.

Art. 3° A Motirõ tem por objeto o planejamento e organização do ambiente urbano e rural, de modo a otimizar a interação ser humano-ambiente, desenvolvendo atividades de elaboração, execução e monitoramento de ações e projetos, atuando sobre questões que concernem a fatores sócio-econômico-ambientais.

§ 1° As ações e projetos da Motirõ configuram-se em:

I- Assistência Técnica e Extensão Rural;
II- Serviços ambientais;
III- Atividades sociais, educacionais, culturais, esportivas, turísticas, de lazer e saúde;
IV- Serviços de consultoria e assessoria;
V- Beneficiamento de produtos da agricultura familiar;
VI- Realização de pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico;
VII- Produção e disseminação de informações técnicas relacionadas ao objeto social da Motirõ Sociedade Cooperativa;
VIII- Comercialização de produtos e serviços decorrentes dos incisos anteriores.

Art. 4° Para a consecução das suas finalidades, a Motirõ na medida de suas possibilidades, deve firmar contratos e convênios com pessoas jurídicas de direito público, privado e pessoas físicas, para a produção de serviços e bens relacionados ao objeto social definido neste Estatuto.

§ 1° Nos contratos e convênios firmados, a Motirõ representará os cooperados coletivamente agindo como sua mandatária.

§ 2° A execução das atividades para produção dos serviços e dos bens contratados ou conveniados é de responsabilidade da Motirõ e não diretamente de qualquer cooperado.

§ 3° A Motirõ poderá filiar-se a outras sociedades cooperativas.

§ 4° A Motirõ não intermediará trabalho entre os contratantes ou os convenentes e seus cooperados.